sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Paris-Dakar 2009 - 7. Etapa - Carros & Motos

.



O espanhol Carlos Sainz foi soberbo na travessia

dos Andes, e retornou à liderança da prova geral.

. A organização voltou optar por reformulação da etapa, em virtude das dificuldades do dia anterior. O tiro de hoje foi encurtado pela metade. Sainz faturou o trecho. Em segundo ficou o seu colega Mark Miller, a 3m41s. O terceiro posto coube a Robby Gordon, no Hummer H3, distante 4m13s. O melhor dos Mitsubishi ficou em quarto, com Juan Roma a 5m37s do espanhol. Chichérit ficou em quinto, de Villiers em sexto e Vigouroux em sétimo. Com a vitória de hoje Sainz pulou para a liderança da tabela, com escassos nove segundos de vantagem sobre Giniel de Villiers e 13 segundos sobre Mark Miller.
.
Neste momento o
podium é inteiramente ocupado pelos carros alemães, provando a solidez dos Race Touareg. O favorito Stéphane Peterhansel se encontra em apuros, com defeito no motor devido a superaquecimento, fato que precipitou um princípio de incêndio. Provável abandono*.
O brasileiro Jean Azevedo, ao lado de Youssef Haddad, chegou na 21ª colocação, a 47min27s do vencedor. A dupla está na 14ª posição, 9h31min20s atrás do líder.

Diante da modificação do traçado, os caminhões não pariciparam da especial.

Carros
1. Carlos Sainz (Espanha/Volkswagen), 2.35:27
2. Mark Miller (EUA/Volkswagen), a 3:41
3. Robby Gordon (EUA/Hummer), a 4:13
4. Nani Roma (Espanha/Mitsubishi), a 5:37
5. Guerlain Chicherit (França/BMW), a 6:08
6. Giniel De Villiers (África do Sul/Volkswagen), a 7:48
7. Eric Vigouroux (França/Hummer), a 11:30
8. Krzysztof Holowczyc (Polónia/Nissan), a 13:56
9. Leonid Novitskiy (Rússia/BMW), a 19:40
10. Tonnie Van Deijne (Holanda/Mitsubishi), a 20:29

Geral
1. Carlos Sainz (Espanha/Volkswagen), a 23.42:49
2. Giniel De Villiers (África do Sul/Volkswagen), a 00:09
3. Mark Miller (EUA/Volkswagen), a 13:53
4. Nani Roma (Espanha/Mitsubishi), a 29:16
5. Robby Gordon (EUA/Hummer), a 1.08:21
6. Krzysztof Holowczyc (Polónia/Nissan), a 2.39:32
7. Ivar Tollefsen (Noruega/Nissan), a 2.59:21
8. Orlando Terranova (Argentina/BMW), a 4.04:53
9. Dieter Depping (Alemanha/Volkswagen), a 4.47:43
10. Rene Kuipers (Holanda), a 4.59:51
...
Motos ......................................................................................Chileno Chaleco Lopez
1.º Francisco "Chaleco" Lopez em 2h 36min 09s
2.º Marc Coma, a 3min 57s
3.º Cyril Despres, a 5min 21s


Geral
1.º Marc Coma em 26h 23min 47s
2.º Jonah Street, a 51min 22s
3.º David Frétigné, a 52min 31s
4.º Pal Ullevalseter, a 1h 24min 01s
5º. Jordi Viladoms, a 1h 24min 19s
6º. Cyril Despres, a 1h 35min 23s
7.º Hélder Rodrigues, a 1h 42min 12s


Sainz observa os Andes, à bombordo.
Travessia espetacular.


.
O brasileiro José Hélio Rodrigues Filho repetiu a sua melhor colocação, em nono lugar, com 2h54min17s da largada, em Mendoza. Mantém-se em 12º na geral.
Para amanhã está programado o merecido descanso, na aprazível Valparaíso,
vizinha da charmosa e para nós inesquecível Vinã del Mar. Próxima etapa - Domingo - 11/1/2008 - Valparaíso- La Serena, aprox. 650 km..
.
__________
* Nove vezes campeão do Paris-Dakar (seis nas motos e três nos carros), o francês Stéphane Peterhansel se obrigou a desistir da edição 2009. Com ele a Mitsubishi perde três dos quatro carros com que iniciaram a prova. A japonesa conserva Nani Roma, na quarta posição, a cerca de meia-hora do líder.
.

Morte de Pascal Terry gera polêmica
Os resultados (oficiosos) da autópsia colocaram em xeque a Amaury Sport Organisation (ASO).
De acordo com Julio Acosta, chefe da polícia de La Pampa, o francês terá morrido “entre segunda e terça-feira de manhã”, muito tempo depois de ter desaparecido. “Ele morreu de um edema pulmonar causado pela ingestão de um alimento, resultando em paragem cardíaca”, revelou ainda Acosta, sublinhando que “poderia ter sido salvo” se o alarme para as buscas tivesse ocorrido mais cedo.
As declarações de Acosta não mereceram comentários de Etienne Lavigne, responsável máximo da ASO, embora este já tivesse admitido que “disfunções internas” originaram reacção tardia ao desaparecimento de Terry. A mulher e o filho do malogrado piloto chegaram ontem à Argentina, no mesmo momento em que a polêmica sobe de tom na França. “Caos total” foi como a rádio France Info se referiu à atuação da ASO.
* * *
Complemente:
Dakar: Classificação da oitava etapa
Dakar - 9. etapa
Dakar: a classificação na tenebrosa 10. Etapa
Dakar: 11. Etapa - Passeio à Argentina
'Dakar: 12. Etapa - Líder se acidenta - Classificação
Dakar - 13. etapa - Classificação
Dakar: última Etapa
Show de imagens do Dakar 2009
.






Um comentário: