sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Delegação de futebol do Brasil de Pelotas sofre grave acidente no RS

O onibus voltava de Rio Pardo. Capotou numa ribanceira de difícil acesso.
Faleceram os jogadores Régis, Milar, e ainda o preparador de goleiros.
Goleiro Danrley percorreu mais de quilômetro em busca de socorro.
Vinte feridos estão sendo atendidos nos hospitais de Pelotas, RS..
Danrley e Milar

Nossas condolências às famílias, ao time do Brasil,
aos amigos, e aos pelotenses em geral,
especialmente à Nação Xavante.

Vários clubes enviam mensagens de solidariedade. Médicos e profissionais da área da saúde acorrem para oferecer gratuitamente seus préstimos. Outros profissionais se apresentam para compor lacunas. O campeonato gaúcho foi suspenso. Imprensa questiona a participação do G.E. Brasil.
* * *
Há exatos 50 anos, aconteceu um acidente semelhante, desta feita com a delegação do E.C. Juventude, de Caxias do Sul. Naquela época o clube, quase amador, requisitava kombis de seus associados para efetuar as viagens esportivas. O comboio era formado por quatro peruas, e uma delas se chocou de frente com um automóvel. Não houve vítimas fatais, mas seis jogadores ficaram sem condições de jogo. Imediatamente o São Paulo F.C. colocou à disposição todo seu departamento médico, material, ternos de camisetas e até jogadores, numa lista de dez atletas que poderiam imediatamente viajar para Caxias do Sul. Por fim, colocou seu famoso elenco, cujos craques haviam integrado a Seleção de Ouro de 1958, para efetivar um jogo beneficiente contra o próprio Juventude, em Caxias do Sul.
Vieram tres jogadores por empréstimo, e depois de um mes realizou-se o jogo, já em caráter festivo. Tais atitudes tomaram maior importância porque não havia nenhum laço de amizade com quem quer que seja do Juventude.
A tragédia xavante tem bem maior gravidade. Mínimo ato humanitário por certo jamais será esquecido, Quanto às suas atividades, é bem possível que os clubes coirmãos amparem de modo concreto o aguerrido rubro-negro gaúcho, propiciando que a agremiação pelotense possa homenagear seus heróis nos próprios campos-de-batalha.

Um comentário: